fones: (48) 3238-8591 / 98402-3661  
contato@wsdbrasil.com.br

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Blog WSD Brasil » Como diminuir as devoluções do seu e-commerce
Como diminuir as devoluções do seu e-commerce

https://ecommercenews.com.br/wp-content/uploads/2018/01/delivery.jpg

 

Todos sabem (ou não) que a lei dá direito ao consumidor de devolver um produto no prazo de sete dias porque simplesmente se arrependeu, sendo que todos os custos devem ser arcados pela empresa. Mas há também, é claro, casos por erros de separação de pedido da própria loja, produtos com defeitos ou que não corresponderam às expectativas do cliente. Afinal de contas, o consumidor não tem o contato ao vivo com o produto, podendo realmente se arrepender da compra, seja porque não era como ele esperava, porque comprou um tamanho errado, entre outros inúmeros possíveis motivos.

 

O fato é que isso se torna um problema que até mesmo inviabiliza as operações de muitas empresas. Por exemplo, as lojas de móveis, que possuem altos custos de logística e podem ter grandes prejuízos, e de moda, que possuem um número elevado de solicitações devido a sua própria natureza de negócio.

 

Disponibilize informações úteis e relevantes

 

O primeiro e mais importante passo é fornecer informações sobre o produto para o cliente, de maneira que ele as encontre e entenda facilmente.

Descrição do produto

 

As descrições devem apresentar todas as informações relevantes do produto, de forma clara e organizada. Utilizar tabelas para determinado tipo de conteúdo ajuda muito com isso, tornando-o mais compreensível.

 

Fotos de boa qualidade

 

É imprescindível investir em fotos para seu e-commerce, seja contratando uma empresa especializada no assunto ou um profissional dedicado a esta atividade. As imagens devem ser em alta resolução, mostrar o produto de diversos ângulos e poderem ser ampliadas com a ferramenta “zoom”. Cuide para dar destaque ao produto que está à venda, evitando exagerar na quantidade de elementos, principalmente se ocultarem algum detalhe do produto. Há lojas virtuais por aí vendendo blusas em que a modelo veste uma jaqueta por cima! A propósito, se o seu e-commerce por acaso for de roupas, é importante ter fotos com um(a) modelo vestindo o produto.

 

Guia de medidas

 

Falando novamente de um e-commerce de moda, é indispensável para as lojas deste segmento disponibilizarem um guia de medidas na página do produto. Posicione o link que indica o guia, próximo à seleção do tamanho, que quando clicado, deve abrir uma pop-up com as respectivas informações.

Vídeos descritivos e “unboxing”

 

A produção profissional de um vídeo pode ser mais cara, mas também é possível fazê-lo de forma amadora. Dependendo de qual o produto em questão, pode ser interessante utilizá-lo, com o objetivo de apresentar a mercadoria; mostrando-o em diversos ângulos; sendo utilizado (um modelo vestindo o produto e se movendo, um smartphone sendo manuseado, um móvel sendo montado…). Fazer um “unboxing” do produto é uma forma interessante, simples e viável de executar a ideia.

 

Comentários de compradores

 

Possibilite que seus clientes publiquem avaliações e comentários sobre os produtos que adquiriram em sua loja, pois suas experiências podem ajudar futuros compradores a tomar decisões mais certeiras. As pessoas costumam dar ouvidos às opiniões de outras pessoas, pois são também são consumidoras. Muitas vezes, surgem relatos úteis, como “aconselho comprar um número maior do que o habitual”, por exemplo. Caso a sua plataforma de e-commerce não possua esse recurso, há empresas especializadas que realizam a integração.

 

https://ecommercenews.com.br/artigos/dicas-artigos/como-diminuir-as-devolucoes-do-seu-e-commerce/

Rua José Elias Lopes, 911, Campeche, Florianópolis - SC, CEP: 88.066-060, CNPJ: 04.984.827/0001-38. Todos os direitos reservados.